Juneca e Pessoinha

Lorem ipsum dolor

Quem viveu de perto a década de 70 e 80 com certeza já se deparou com inscrições como as de “Juneca e Pessoinha” em diversos muros da cidade. “Juneca Pessoinha”, numa grafia básica, chegava a confundir as pessoas que muitas vezes imaginavam ser uma só pessoa por traz das duas palavras: “Pixamos até a cúpula da câmara do congresso Nacional em Brasilia. Andei pelo Brasil inteiro todos lugares estão marcados na memória.” – conta Juneca em uma entrevista. Numa época de CÃO FILA KM 32 e poucos rabiscos pela cidade, Juneca e Pessoinha, ainda moleques, ganhariam notoriedade pelo volume de seus rabiscos e passariam a ser procurados por autoridades públicas. Traga-me ele, vivo ou morto! disse o até então prefeito Jânio LEIA MAIS