A história secreta dos grafiteiros punks (por i-D)

Lorem ipsum dolor

O primeiro livro do escritor Freddy Alva intitulado “Urban Styles: Graffiti in New York Hardcore” é um mergulho num tempo onde subculturas e movimentos undergrounds (fora dos holofotes do mainstream de hoje em dia) se misturavam de maneira natural e única. Alva aborda as congruências da cena punk rock dos anos 80 com o movimento que literalmente devastava as ruas de Nova Iorque nos anos 70 e 80, o graffiti. Um momento único onde duas culturas marginais co-existiram e se complementaram. Muitos escritores que se aventuravam entre os yards também dançavam no tablado do CBGB. Simples assim.