2
Treme-Treme
5 maio, 2017

Treme-Treme

Lorem ipsum dolor

Cartão postal da pixação de São Paulo, o edifício São Vito ou “treme-treme”, foi demolido pela prefeitura de Kassab em 2011. O antigo e lendário edifício da Avenida do Estado guardava histórias e principalmente marcas por todos os seus 27 andares. Símbolo do lado sujo da capital paulistana, o “treme-treme” era tido por muitos pixadores como o prédio mais pixado do mundo, com uma imensa “agenda” vertical. Fotos: Cleber Zerrenner e Nilton Fukuda.

VGN
2 maio, 2017

VGN

Lorem ipsum dolor

    as

Imon (ESPANHA)
18 abril, 2017

Imon (ESPANHA)

Lorem ipsum dolor
Torcidas Organizadas x Graffiti
10 fevereiro, 2017

Torcidas Organizadas x Graffiti

Lorem ipsum dolor

Algumas torcidas da Europa como a do Ajax (Ultras) inovaram e fizeram de suas bandeiras simulações de metrôs andando pelas arquibancadas. Graffiti e futebol juntos:

posted in: Graffiti Europa
Lurk HDA
9 fevereiro, 2017

Lurk HDA

Lorem ipsum dolor
Berlin Kidz por Thomas Von Wittich
6 fevereiro, 2017

Berlin Kidz por Thomas Von Wittich

Lorem ipsum dolor
Kings of Graffiti – Kilroy
10 janeiro, 2017

Kings of Graffiti – Kilroy

Lorem ipsum dolor

Não há como identificar com precisão quando o graffiti realmente surgiu. Que o homem tem há séculos a necessidade de se expressar através da escrita e de simbologias, todos concordam, porém o termo “Graffiti” só foi realmente usado com o sentido que hoje conhecemos após a Segunda Guerra Mundial, época em que o spray para pintura foi inventado e as gangues ressurgiam na cidade de Nova Iorque. Nesse mesmo período, ainda nos anos 40, antes mesmo de nomes importantes como “Cornbread” e “Kool Earl” aparecerem, eis que surge o que seria o primeiro escritor de todos os tempos:”Kilroy”. A escrita “Kilroy was here” ficou mundialmente famosa, sendo vista em milhares de navios e embarcações da Segunda Grande Guerra. Sua marca LEIA MAIS

ENTREVISTA / INTERVIEW – OJAE (EXCLUSIVO)
12 dezembro, 2016

ENTREVISTA / INTERVIEW – OJAE (EXCLUSIVO)

Lorem ipsum dolor

Em parceria com o blog Tags and Throws, Beside Colors lança, em versão bilingue, uma entrevista com o grafiteiro Ojae. Escritor desde a década de 80, Oj conta um pouco de sua relação com Nova Iorque, sua infância pobre, seus parceiros de rolê e a como funciona a cena do graffiti americano.