2
BAÚ DA PIXAÇÃO (PARTE 2)
4 julho, 2020

BAÚ DA PIXAÇÃO (PARTE 2)

Lorem ipsum dolor
São Paulo: Coleção de Fotos Antigas (Parte 2)

São Paulo: Coleção de Fotos Antigas (Parte 2)

Lorem ipsum dolor
Vitché das Antigas

Vitché das Antigas

Lorem ipsum dolor
posted in: Baú do Graffiti
ENTREVISTA – KEL
16 abril, 2020

ENTREVISTA – KEL

Lorem ipsum dolor

Cria das ruas do Catete (ou simplesmente KTT), Kel está nas ruas desde 2002. Pertencentes as crews 5 Estrelas e VR, a escritora carioca conta como “botar seu nome” em diversos lugares do Rio a levaram do mainstream a fuga debaixo de balas.

Kings of Graffiti – Don 1
6 março, 2020

Kings of Graffiti – Don 1

Lorem ipsum dolor

Joseph Palattella foi mais uma cria das ruas do Queens. Longe das câmeras de Chalfant ou de livros como Subway Art de Martha Cooper, o escritor foi, apesar do ostracismo, um personagem importante do graffiti novaiorquino. Descendente de imigrantes italianos, dizem que Don 1 foi o primeiro escritor a reproduzir um desenho de Mark Bode em um trem.

Nuno DV
14 fevereiro, 2020

Nuno DV

Lorem ipsum dolor

Com mais de 20 anos dentro do movimento, Nuno no entanto se diz mais ativo que nunca. ” Sou um cara com 30 anos com cara de 25, corpo de 20, disposição de 15, sonhos de 10 e alegria de 5″ brinca. Impulsionado nos tempos de escola a pixar com outros garotos, Nuno conquistou seu espaço nas ruas com muita dedicação ao xarpi e respeito a todos. “Acredite se quiser, o Xarpi me trouxe coisas boas e oportunidades. Convite pra festas e mulheres que saiam comigo por eu ser o Nuno. Eu aproveitava bem isso. Acho que pra elas era uma espécie de status. Eu só queria cama mesmo, um usava o outro e no final dava tudo certo”. – LEIA MAIS

Entrevista – Juneca
16 novembro, 2019

Entrevista – Juneca

Lorem ipsum dolor

Original do bairro do Brooklin, localizado na Zona Sul de São Paulo, Juneca foi personagem emblemático para quem viveu nos anos 80. Um dos precursores da pixação, o escritor ganhou notoriedade por feitos como o de pixar a cúpula do Congresso, ser perseguido por políticos como Jânio Quadros e ser destaque em mídias nacionais e internacionais por seus feitos. Em entrevista ao BC, Juneca abre seu arquivo de fotos, reportagens e conta como se tornou um personalidade dentro do movimento.

Letizia Battaglia, a Itália e a máfia
29 outubro, 2019

Letizia Battaglia, a Itália e a máfia

Lorem ipsum dolor

Desde 1971, quando começou a fotografar, a obra de Letizia Battaglia permanece estritamente ligada à cidade de Palermo. Como editora de fotografia do cotidiano L’Ora, a partir de 1974, documentou os conflitos que abalaram a cidade, especialmente nas décadas de 1970 e 1980, na época mais violenta da “guerra da Máfia”.

posted in: Fotografia

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/besidecolors/www/wp-includes/functions.php on line 3775

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/besidecolors/www/wp-includes/functions.php on line 3775