A poesia do Pixo

As raríssimas fotos abaixo fazem parte do arquivo do fotógrafo Ennio Brauns, que fotografou grande parte da cena do pixo e do graffiti paulistano na década de 80. Nestas imagens, podemos relembrar um pixo mais poético, com mais mensagens e menos demarcações territoriais e rivalidades de crews. Um outro estilo. Uma outra época.